Loading…
Estratégia Digital: como garantir o sucesso de sua ação!

Estratégia digital: como evitar erros e ter uma linha de ação vencedora

0 Flares Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Quem nunca teve um sonho destruído pela ansiedade? Ou seja, quantas vezes não desistimos de nossos sonhos porque não damos tempo para ele se realizar? No mundo digital, esse é um problema muito comum. Devido ao imediatismo das redes sociais, achamos que nossas estratégias digitais têm que trazer resultados imediatos. Muitas vezes, nem esperamos tempo suficiente para ver os resultados esperados e desistimos cedo demais. Cuidado, não caia nesse erro!

O blog Contently.com publica razões que fazem as empresas desistirem de sua estratégia digital de forma prematura. Veja abaixo 7 dicas de como evitar os erros na utilização de marketing digital na sua empresa ser bem sucedido.

Vamos a elas:

1. Encontre bons criadores de conteúdo

Ter um bom conteúdo é o primeiro passo para conseguir atrair a atenção, de forma positiva, para seus posts, peças e publicações. Você pode ter copywriters internos ou contratar uma agência para tratar de forma profissional sua produção de conteúdo. Lembre-se que saber português ou saber escrever uma redação não são credenciais suficientes para saber estratégias vencedoras de marketing. Quantas pequenas empresas você conhece que o executivo diz que seu sobrinho ou seu amigo entendem de redes sociais (na maioria do caso apenas porque eles usam as redes) e dão a um não profissional a função de cuidar dos canais da empresa. Pois é esse é o primeiro erro a ser evitado. Você não contrataria uma costureira para dar pontos no seu corpo só porque ela sabe costurar, não é mesmo?

2.Dê o tempo é necessário para se produzir um bom conteúdo

Quando você encomendar um e-book de 50 páginas, não espere gerar seu primeiro rascunho em uma semana e, em seguida, passar por duas revisões antes que você possa publicar. Esses projetos de conteúdo não têm o mesmo fluxo de trabalho que um e-mail promocional ou um banner.

A quantidade de tempo que leva para escrever um artigo ou um e-book dependerá de um número de variáveis ​​específicas para a sua empresa. Por exemplo, se você pertence a uma indústria regulamentada, como produtos farmacêuticos ou de seguros, certos cuidados jurídicos vão levar a se gastar muito mais tempo do que eles necessitariam  para uma marca de varejo. Se o seu conteúdo será reutilizado internacionalmente, por exemplo, você precisará de tempo extra para a tradução.

Com o tempo, é possível começar a prever qual é o tempo médio da sua área. Até chegar lá, se as coisas demorarem mais do que o esperado, da próxima vez pense em um conteúdo um pouco mais simples ou com menos complexidade. Mas só faça isso se essa simplificação não comprometer o interesse pelo eu conteúdo.

3. Use as ferramentas certas

No marketing digital,  o uso de ferramentas e recursos digitais certos são fundamentais para aumentar a produtividade e o sucesso da ação. Muitas vezes, as empresas duvidam quando os profissionais de marketing indicam a necessidade de contratação ou assinatura de algum serviço digital que, na prática, é ferramenta de trabalho para se preparar uma ação que traga resultados efetivos.

Seja a contratação de um aplicativo, necessidade de produção de boas imagens ou contratação de alguma ferramenta de automação ou análise de desempenho, tudo isso pode ser importante na soma dos itens que levam ao sucesso digital.

4. Não subestime a dificuldade de falar sobre clientes e influenciadores

Relatórios e citações que já estão em domínio público fazem parte do jogo e você pode citá-los à vontade. Mas contar o case de um cliente exige que ele te dê autorização para fazê-lo, caso contrário você corre o risco de ter um problema ou mesmo o risco de perder um cliente. Não é todo mundo que quer ver seu caso ser exposto ao público, principalmente por um serviço que ele está contratando/pagando. Por isso, o fato de ter acontecido com você não dá o direito de você divulgar, a menos que a outra parte esteja de acordo.

O mesmo ocorre com seus funcionários. Não é só porque trabalha para sua empresa que você pode divulgar o que acontece com seus funcionários ou fatos que envolvam imagens de seus empregados. Cuidado, isso pode ser um grande problema. Lembre-se também que pessoas que aparecem em imagens precisam autorizar você a publicá-las. Por isso, mesmo sendo uma imagem que aconteceu em público, pegue autorização por escrito para divulgar. O mesmo acontece com pessoas que são públicas ou influenciadores, como artistas ou pessoas ilustres que consumam sua marca. Não é, por exemplo, o fato de Fátima Bernardes usar meias da marca X que essa empresa pode suar a imagem dela dizendo que ela consome seu produto.

5. Não pressione cedo demais por resultados

As equipes de vendas são, em sua maioria, pressionados por ter resultados, por isso muitas vezes o comercial está mais afoito para trazer resultados do que a própria equipe de marketing que está realizando a ação. É natural que a tensão entre as equipes possa surgir, até porque indicadores que mostrem sucesso no marketing nem sempre se mostrem tão relevantes para vendas. Por isso, é comum a equipe de marketing ser muito pressionada para criar mais leads (contatos de possíveis compradores captados pelo marketing).

Isso é bom, desde que sua estratégia de conteúdo de longo prazo não se transforme em uma estratégia de vendas de curto prazo. Mas se os indicadores trimestrais, por exemplo, ficam aquém, você pode encontrar-se à deriva do seu plano de conteúdo original para satisfazer outras demandas. Certifique-se de que suas ações não gerem apenas auto-promoção. Quanto mais conteúdo de alto valor você criar, maior será seu retorno. Mas o que traz dinheiro em caixa são os resultados comerciais! Um não pode agir separado do outro!

6. Pense em audiência orgânica no longo prazo

Os anúncios e likes em posts promocionais nas redes sociais são muito importantes para atrair a atenção e clientes de forma imediata, mas é importante pensar na qualidade do conteúdo e publicação de conteúdo relevante para atrair audiência orgânica, ou seja, ser encontrado na web independentemente de estar fazendo promoção.

Grande quantidade de postagens e  bom conteúdo  criam relevância. Mas isso leva tempo. Você precisa construir confiança com uma audiência. E você pode precisar promover seu conteúdo inicialmente para gerar tráfego. Esperar por esse conteúdo inicial para produzir resultados pode levar meses. Em nossa experiência, os clientes podem gastar até duas a três vezes mais na distribuição do que na criação. Ferramentas de vendas sociais como Facebook, Instagram e Linkedin podem ajudar. Mas, à medida que sua reputação se desenvolva, você será capaz de gastar menos na promoção e mais na criação. Ajustar o equilíbrio conforme necessário é o ponto-chave para manter o rumo em sua estratégia.

7.  Medir resultados é fundamental para corrigir rumos

Antes de criar conteúdo, você deverá decidir os indicadores que você quer atingir com a ação: número de likes, cliques no conteúdo, tempo de envolvimento, taxa de finalização e assim por diante. São todos KPIs (Key Performance Indicator) a serem considerados.

Se o seu conteúdo só aparecer em uma plataforma, como um blog, será mais fácil gerenciar. Mas se o seu conteúdo abrange várias plataformas e canais, aí é mais difícil mensurar. Talvez você precise coletar dados em blogs, campanhas nativas, campanhas sociais pagas, engajamento social e respostas por e-mail. Levará tempo para que todos fiquem na mesma programação e todos os seus dados estejam consolidados em um único relatório.

Infelizmente, na ausência de relatórios que provem que seu marketing de conteúdo está sendo eficaz, as pessoas tentam avaliar a estratégia sem ter dados. Não caia nessa! Você vai economizar muito dinheiro se fizer as análises corretas e decidir avaliando um relatório de dados.

Dessa forma, será mais fácil responder à pergunta: “Nossa estratégia está funcionando?”

É essa resposta dada em cima de dados que permitirá avaliar de forma consistente se a estratégia digital adotada está dando resultados.

Não perca dinheiro, energia ou motivação mudando sua ação de forma prematura. Muitas vezes sua estratégia está certa, mas você não deu tempo suficiente para avaliar os resultados de forma correta. Lembre-se: nem tão rápido que seja uma morte prematura nem tão tardiamente que permita que o dinheiro vá embora e desacredite as ações de marketing!

Ficou alguma dúvida, quer falar conosco?

Deixar uma resposta

 
0 Flares Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×